Do gabinete ao alambique: a Cachaça do Ministro

A Doministro está fazendo um grande sucesso, como visto nos dois últimos Cacharitibas. Nosso amigo de longa data esteve lá e nos presenteou com um ótimo relato.

A quarta-feira (09/11) foi dia de visitar o Planalto Central. Aproveitando a minha vinda a Brasília para a reunião da Câmara Setorial da Cachaça – a qual compareço regularmente como representante da Cúpula da Cachaça –, dei uma fugida de 70 quilômetros até Alexânia (GO) para conhecer o alambique da maravilhosa Cachaça Do Ministro. Valeu enfrentar a chuva e o engarrafamento (de veículos, claro) porque o engarrafamento da cachaça é interessantíssimo.

Alambique da Cachaça Do Ministro
Alambique da Cachaça Do Ministro

O grande ministro Carlos Átila resolveu produzir, há cerca de 20 anos e de forma acanhada, a sua cachaça. Naquele momento, ele já estava se aposentando do serviço público, após uma longa carreira na qual ele tinha passado 20 anos no Itamaraty, cinco anos no cargo de porta-voz do presidente João Figueiredo e 13 anos como ministro no Tribunal de Contas da União.

Era uma brincadeira para ocupar as horas vagas, mas agora até rende algum dinheiro. Com uma produção de aproximadamente 20 mil litros anuais, a Cachaça Do Ministro tem no portfólio as variedades tradicional, carvalho e carvalho com amburana, todas de altíssimo padrão.

Conta o Dr. Átila, advogado por formação, que, quando resolveu registrar seu produto, pesquisou alguns nomes e o que melhor lhe veio na mente foi esse, Cachaça Do Ministro. Bem-humorado, ele diz ter percebido que, depois da sua, começaram a aparecer a Cachaça Do Senador, Do Rei, a Do Patrão, etc.

Hoje, a área comercial da empresa teve uma alavancada considerável graças ao empenho do genro, Orlei Bonamin, e do incansável trabalho do Rodrigues, responsável pela fazenda e vereador.

Na verdade, não fui lá só para visitar o alambique. Fingi que era só pra isso a fim de ganhar a carona. De fato, queria mesmo era conhecer o que existia dentro de um tanque que estampava a frase “10 anos em carvalho”. E conheci!. Que preciosidade! Vou deixar vocês com água na boca. A cachaça ali é maravilhosa, equilibrada, sutil, com acidez regular, retrogosto fantástico… Bom, esperem ela chegar às prateleira.

Em breve, esta cachaça estará no mercado em um blend no qual, modestamente, constará a minha assinatura.

Por Manoel Agostinho Lima Novo no Devotos da Cachaça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *